Feeds:
Posts
Comments

Posts Tagged ‘Redes Sociais’

amazon-300x300A Amazon está para a era da informação assim como a Ford está para a era da industrialização.

Desde que me entendo por gente aprendi que a Ford mudou toda uma Era criando novos paradigmas. E é exatamente isso que a Amazon vem fazendo desde que foi criada. A frase acima está em uma entrevista com Andreas Weigend. Andreas, combinando idéias acadêmicas com demandas de negócios, ajudou a desenhar os ideais centrados no consumidor e focado nas métricas, nos quais o sucesso da Amazon se baseia.

E ele explica como a Amazon se tornou modelo para empresas alavancarem o poder da Web 2.0+ para vender e se comunicar com clientes de forma antes impensáveis e acabou por criar os conceitos de marketing social que move a rede hoje.

Através do conhecimento de quem são as pessoas do outro lado, na Amazon, pesquisam a fundo a navegação e cada clique dos usuários. Com estas informações, desde o início do site, criaram alguns conceitos que hoje são óbvios para qualquer varejo online como lista de desejos, resenhas de avaliação e recomendações. Estes conceitos deram muito certo porque possibilitaram às as pessoas expressar seu desejo de compartilhar suas experiências e aspirações, criando oportunidades de captar, medir, conectar dados e utilizá-los no desenvolvimento do marketing social.

Pesquisas mostram que o marketing social (ou de redes sociais) costuma ser de cinco a dez vezes mais eficaz que outras formas de marketing. Isso porque é melhor ouvir a recomendação ou reclamação de seu amigo do que acreditar em uma propaganda. É como sempre se fez, no boca a boca, só que agora fácil e rápido pelos meios digitais e não mais restritos apenas a seu circulo de amigos. E assim todos viraram marketeiros. Se eu adoro um produto, eu falo dele, se não gosto, falo também. Então enquanto empresa, faça um bom trabalho/produto e falarão de você. Não faça e falarão também. E se deseja atrair a atenção das pessoas, faça através do marketing social positivo. Mas não adianta usar a rede apenas para autopromoção ou divulgação.

Embora algumas empresas apresentem cases, de um modo geral as pessoas estão nas redes sociais para se comunicar e não para comprar coisas.

Cada vez mais pessoas usam a rede para divulgar suas experiências. Nesta semana, vi o vídeo “United Breaks Guitars“. Um músico profissional teve seu violado estragado, após reclamar muito com a Cia área, e não obter resposta, fez um clipe e postou no YouTube – que teve mais 5 milhões de acessos . Além do vídeo, é interessante observar os comentários, todos se sentem motivados a enviar também suas experiências sobre esta ou outra empresa. Não existe como limitar ou bloquear estas manifestações, mas por outro lado nunca foi tão fácil entender o que quer o consumidor e pensar em como lhe oferecer melhores produtos e serviços.

Se o movimento de marketing social iniciou com os visionários da Amazon, nada melhor do que ficar de olho na empresa que continua inovando e fazendo a web evoluir.

<!–[if gte mso 9]> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 <![endif]–><!–[if gte mso 9]> <![endif]–> <!–[endif]–>

A Amazon está para a era da informação assim como a Ford está para a era da industrialização.

Advertisements

Read Full Post »