Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Web 2.0’ Category

 Hoje em dia é comum “assistir” a novela pelo Facebook ou Twitter…quem não viu algum amigo falar da Carminha? A frase “oioioi 100” foi TT no Twitter semana passada…para quem não sabe (eu não sabia) representou a frase da música de abertura + o número de capítulos da novela da Globo.

Uma pesquisa do e-Marketer fala sobre esta relação TV-Social e aponta que os Smatphones e tablets tem ajudado significativamente neste novo (?) hábito. Vale ficar de olho, pois parece ser uma tendência não só para novelas, como jogos esportivos e shows no Brasil e no mundo. Vamos ver como vai ser com as Olimpíadas de Londres!

Segue o link para darem uma olhada : E-Marketer

Dica de Fabiana Baraldi 🙂

Advertisements

Read Full Post »

Quando falamos em redes sociais, podemos pensar em Facebook, Twitter, Google+ ou até na queridinha da vez, Pinterest. Mas quando falamos de rede social profissional, não existe dúvida: LinkedIn reina absoluta.

Pesquisas com RH confirmam que esta é a sua principal fonte de informações sobre candidatos. Seguida de longe (e muito) do Twitter e só então Facebook (sim, ainda olham seu perfil pessoal, pouco mas olham).

Só isso já faz do LinkedIn presença obrigatória,mas ainda tem mais.

Muitas vezes nos perguntamos como é a nossa rede.  Agora com o LinkedIn InMaps é possível visualizar sua própria rede e as conexões. A primeira vez que você olha, vê uma nuvem com cores diferentes e os “nós” da rede.Veja a minha rede:

Cada nó é um contato e ao passar o mouse por cima de um contato, consegue identificar quem é.  Começa então a descobrir como as pessoas se conhecem e quais têm conexões entre os seus diferentes mundos profissionais. Veja este amigo que se relaciona com pessoas de diversos grupos nos quais transito também:

Adorei!!!

Veja agora mesmo a sua rede também: http://inmaps.linkedinlabs.com

OBS: Não é propaganda, é que achei legal mesmo =]

Read Full Post »

E quando se achava que não tinha mais espaço para um sucesso fulminante em redes sociais eis que entra em cena o Pinterest. Uma rede social para colecionar. Colecionar conteúdo que considere importante para você ou para seus amigos.  A proposta do Pinterest é “fixar” todo tipo de conteúdo em boardsvisuais. O uso varia de acordo com a vontade de cada um: você pode guardar referências, artigos para ler mais tarde, fazer listas de compras, itens para casa, organizar eventos, livros que deseja ler, etc.

Baseada em um modelo de negócios já conhecido – ganho de comissão a partir da geração de tráfego e vendas para sites destino – a empresa mostra que veio para ser lucrativa e seus investidores apostarem mais 37 Milhões desde outubro de 2011.

O número de usuários ultrapassa os 10 milhões de o trafego gerado é maior que o Twitter, MySpace, Google+ e LinkedIn JUNTOS. E ainda dizem que é brincadeira de mulherzinha. =]

A startup possui apenas 16 funcionários. Isso é que é ser lean!

Para participar, basta acessar o site Pinterest.com e solicitar um convite, é necessário ainda fazer o login com o Twitter e Facebook.

Tutorial do TechTudo

Read Full Post »

O que mais se espera em marketing hoje é fazer com que ideais sejam tão contagiantes que não possam ser controladas.

A Coca-Cola, que sempre nos divertiu com seus maravilhosos comerciais, decidiu sair da “excelência criativa” para “excelência em conteúdo” conforme migrou para a era da “tecnologia distribuída” que privilegia e prove mais conectividade entre os usuários e empodera os consumidores de uma forma nunca antes vista.

“Tecnologia Distribuída” é um termo de social media que significa que conteúdo e idéias sejam disseminados através do poder do compartilhamento e auto-publicação (qualquer um pode publicar/ compartilhar).

Esta descrição demonstra uma alternativa ao marketing tradicional, que sempre significou interrupções e comunicação de uma via – apenas em sua direção. A tecnologia nos permite interromper a qualquer momento a comunicação e inclusive interagir.

Por isso a Coca-Cola decidiu que é hora de criar um “Conteúdo Líquido”. Eles entendem que o futuro do conteúdo é relevância e “substância” e só assim conseguirão engajamento e conversas com a marca. É assim que esperam ter sucesso atraindo consumidores e deixando que eles façam parte do trabalho de propagação.

Veja como estão se preparando para em 2020 serem ainda mais relevantes em um mundo cada vez mais líquido:

Read Full Post »

A D O R E I conhecer o #Mobilize Consumidor Móvel 2011, um estudo realizado pela W/McCann e Grupo .Mobi com pesquisa do Instituto IPSOS Mediact que mepeou como o consumidor se relaciona com marcas, produtos e serviços através do seu dispositivo móvel. Imprescindível para quem quer saber mais sobre um mercado em rápida evolução e cada vez mais importante para a comunicação.

Abaixo, alguns destaques:

  • Mais de 40% dos consumidores já acessa a internet pelo celular.  Isso significa que a internet móvel tem números superiores aos que a internet “tradicional” apresentava no começo de 2007.
  • O acesso via celular às redes sociais através do celular é similar à penetração de redes sociais no computador.
  • Os sites mais acessados demonstram pouca variação entre classes sociais e tipos de aparelho celular.  Ou seja, ainda não temos a distinção identificada na internet “tradicional”.
  • Apesar do radpido crescimento do mercado móvel, comprado a internet via computador, ainda existem poucos sites móveis ou aplicativos nacionais. Existe, portanto uma enorme oportunidade para as empresas se poscionarem e conquistarem espaço no ambiente móvel.
  • A TV móvel também aparece na pesquisa que mostra que sua audiência em número de usuários equivale ao número de assinantes de TV paga. Apenas precisamos considerar que a TV por assinatura é familiar…
  • Claro que os jogos tem que aparecer, e são os aplicativos mais baixados. As pessoas não estão comprando jogos, mas sim, momentos de diversão.
  • Esperamos que os celulares mais baratos tenham em um futuro próximo as mesmas funções dos celulares mais caros hoje, teremos então um boom no consumo de internet móvel e tudo que estiver relacionada a ela.

Read Full Post »

Um movimento está ganhando forma e força para transformar os negócios e o modo como consumimos e vivemos. Esse movimento sinaliza o surgimento de uma nova economia, baseada em informação, criatividade, transparência e colaboração.

O consumo colaborativo que víamos em coisas usuais como compartilhamento, escambo, empréstimo, troca e aluguel entre pessoas, está sendo turbinado e disseminado pelas redes sociais, dispositivos móveis e geolocalização, tecnologias que permitem qualquer pessoa encontrar locais, produtos e serviços disponíveis e compartilháveis ao redor do mundo.

A filosofia do consumo colaborativo é capaz de nos ajudar a economizar dinheiro e passar de consumidores passivos a colaboradores ativos.

O vídeo abaixo, da Collaborative Consumption, conta a história do consumo colaborativo e explora dados bem interessantes sobre o comportamento do consumidor e as mudanças que teremos no mundo:

 

Read Full Post »

Quem não gostaria de saber como vai ser o futuro? Só que quando falamos de tecnologia fica realmente difícil fazer previsões. Mas o pessoal da Neolabels pesquisou e chegou a 15 principais fatores sobre como vai ser o futuro da internet em 2015.

Usando como referencia dados de 2010 e tendências de mercado, vemos um cenário ainda promissor e muito, muito viável. Eles chamam de DigitalLife. Quer saber por que? Não perca tempo e veja este vídeo:

Digital Life: Today & Tomorrow from Neo Labels on Vimeo.

Read Full Post »

Older Posts »